sábado, 22 de novembro de 2014

Ministério da Fazenda deve realizar Concurso em 2015


O Ministério da Fazenda pretende realizar concurso público para o órgão em 2015. A solicitação já foi enviada ao Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG) e os certames devem ser para a área administrativo. Os cargos e o número das vagas não foram informados até o momento.

Contudo, sabe-se que a carreira administrativa é composta por duas funções: assistente técnico-administrativo (nível médio) e analista administrativo (superior), cujas remunerações atuais equivalem a R$ 3.050,82 e de R$ 4.244,62, respectivamente.

O último concurso do Órgão, realizado em 2013, ainda encontra-se vigente, que foi organizado pela Escola de Administração Fazendária (Esaf). Ou seja, esta empresa também deve ser a responsável pelo planejamento do próximo concurso.  Portanto, concurseiros, é possível  já ir adiantando os estudos através de editais de certames anteriores.

UM RECADO PARA O PREFEITO IZAÍAS RÉGIS


Essa é destaque na fan-page do Presidente do Diretório Municipal do PSB, Ivan Rodrigues, no facebook:  

“FACULDADE DE MEDICINA EM JABOATÃO?

Meu caro Prefeito Izaías Régis: Sei que algumas questões incomodam, mas sinto-me obrigado a levantá-las. Não tenho nada de pessoal contra você, muito pelo contrário: tenho grande estima pelo garoto comerciário, recém- chegado de sua terra, que em plena ditadura colocava em risco seu emprego para ajudar minha campanha de oposição pelo velho MDB. Você sabe que eu sempre reconheci a sua coragem quando, na época, muitos do que hoje posam de democratas faziam a apologia da ditadura.

Ocorre que você é o supremo mandatário de nossa terra e, por isso mesmo tem responsabilidades inarredáveis em decorrência do exercício a que se propôs no comando político e administrativo de GARANHUNS que, para isso, exige uma visão de futuro compatível com as nossas necessidades e planejamento estratégico dirigido ao Agreste Meridional, uma vez que não somos uma ilha, como as visões estreitas imaginam. Cabem, portanto, algumas perguntas pertinentes à questão:


Lembra da reunião na Câmara de Vereadores do Recife (imagem acima), em defesa da FAMEG, ocorrido em setembro do ano passado, em que você comunicou que estaria indo a Brasília , na semana seguinte, em companhia do Senador Armando Monteiro, para uma audiência com o ex-Presidente Lula, destinada a reivindicar a autorização da reabertura da Faculdade de Medicina que estaria sendo sabotada por forças não muito ocultas, a despeito de depender de dois Ministérios - Educação e Saúde – comandados pelo partido aliado ao seu PTB ?.

Até hoje, ninguém teve notícias do resultado dessa audiência apesar de reclamado e, eu mesmo, cobrei de público, através das redes sociais, e não mereci qualquer resposta, nem sua nem do PT de Garanhuns. Excepcione-se, por questão de justiça, o comportamento do nosso amigo Deputado Fernando Ferro que foi exemplar.

O programa “Mais Médicos” deu novas esperanças aos garanhuenses, uma vez que, além da importação de médicos estrangeiros era, como complementação do programa, a formação de novos médicos no Brasil (conforme anunciado pela própria Presidente Dilma, precisávamos formar mais 12.000 novos médicos até 2015) e a interiorização dos novos cursos de medicina, como instrumento de atração para os novos médicos permanecerem em áreas próximas às suas origens.

De repente, meu caro Izaías, será que você soube que no dia 25 de setembro último, o Ministro da Saúde, Arthur Chioro (imagem ao lado), anunciou a autorização de funcionamento de 39 (TRINTA E NOVE) novas escolas de Medicina no Brasil, inclusive uma – sabe onde Izaías? – em Jaboatão dos Guararapes numa bela demonstração dos objetivos de interiorização? do programa. Deve ser uma piada, não é Izaías?

E onde fica a Fameg? UMA ESCOLA PRONTA, COM TODOS OS REQUISITOS PREENCHIDOS, LABORATÓRIOS MONTADOS, BIBLIOTECA DE CAUSAR INVEJA A OUTRAS ESCOLAS, CONVÊNIOS HOSPITALARES ASSINADOS, COM DOIS PERÍODOS ESCOLARES JÁ CUMPRIDOS, NOTA 4 (quatro) DO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO é preterida por uma em Jaboatão! Dá pra entender?

E você sabe ainda que esse Ministro declarou à imprensa (está em todos os jornais!) textualmente: “A abertura de uma faculdade de medicina em Jaboatão dos Guararapes é um esforço que o Governo Federal vem fazendo para INTERIORIZAR as vagas de graduação”? Pelo visto, o seu Ministro aliado, Izaías, deve ter sido um péssimo estudante de geografia e, como se não bastasse, também portador de péssima visão, desde que bastava olhar em sua volta, avistaria o mar e restaria convencido que estava no litoral e não no interior do Estado.

Amigo Izaías: Você está legitimado, democrática e institucionalmente, para ser o representante do Município, para falar pelo Município, para protestar pelo Município, para reivindicar para o Município. Apesar de importantes, caro amigo, não são bastantes os calçamentos de ruas, as querelas de vereadores em busca de poder, campinhos de futebol em área nobre para satisfazer projetos ambiciosos de vereador para garantir votos, etc. Impõe-se, sim, os projetos estruturadores que fortalecem a economia, através da geração de postos de trabalho e renda para aumentar a capacidade de compra da população. É preciso garimpar e identificar as oportunidades de investimentos, adequados à demanda, a produção de matéria-prima e qualificação de pessoal. Será que você ainda tem alguma dúvida quanto à importância do funcionamento da FAMEG para Garanhuns e toda região do Agreste, como indutora de desenvolvimento?

Reaja amigo, vamos para as ruas lutar por Garanhuns e tenha a certeza que a população estará a seu favor e todos nós estaremos ao seu lado.

São Bento do Una promove audiência pública sobre Construção de Adutora


A Prefeita de São Bento do Una, Débora Almeida (PSB), estará à frente da audiência pública que será realizada na próxima segunda-feira, dia 24, às 9h30mim, na Escola Cônego João Rodrigues, para que a população possa opinar sobre a construção da barragem Eduardo Campos sobre o leito do Rio Una.

Esta obra é esperada pela população há mais de meio século, mas somente agora é que o Governo do Estado decidiu concretizá-la por meio da Secretaria de Infraestrutura. A barragem será construída numa área de 250 hectares ao longo da bacia do Rio Una e terá capacidade para  acumular 18 milhões de metros cúbicos d’água, beneficiando 73 mil habitantes de São Bento e de Capoeiras. Para construção da barragem e da adutora, foi destinada uma verba de R$ 50 milhões, recursos advindos do Ministério da Integração Nacional através do Programa PAC- Prevenção-Seca.


A Região é considerada o maior produtor de aves e ovos do Norte/Nordeste e esta obra garantirá a sustentabilidade hídrica da região.

Dilma chama Armando Monteiro para o Ministério


Essa é destaque no Jornal do Commercio:

“O anúncio de alguns dos novos ministros do governo Dilma Rousseff (PT) estava previsto para ontem, terminou não acontecendo, mas alguns nomes dos primeiros escolhidos para ajudá-la a gerir o Brasil já são dados como certos. Entre eles está o do senador pernambucano Armando Monteiro (PTB).

O petebista se reuniu com a presidente na manhã de ontem no Palácio da Alvorada e é apontado como novo titular do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, considerado o braço produtivo da equipe econômica do governo. Além dele, são especulados como novos ministros Joaquim Levy (Fazenda), Nelson Barbosa (Planejamento) e a senadora peemedebista de Tocantins Kátia Abreu (Agricultura).

Embora tenha se mostrado honrado com o convite, Armando não quis falar como ministro de Dilma. "Se alguém é chamado pela presidente e vai ao Palácio numa hora dessas, passa a estar cotado. Mas gente só é ministro quando o Palácio oficializa e anuncia. Não posso dizer que sou ministro. A única coisa que posso dizer é que estive com a presidente a convite dela", desconversou.

A avaliação é de que Armando Monteiro foi chamado para diminuir a desconfiança do setor produtivo com o governo. Ex-presidente da Confederação Nacional da Indústria (CNI) de 2002 a 2010, o pernambucano conseguiu fazer o seu sucessor na entidade e tem bom trânsito com os empresários e a indústria. "O nosso governo precisava fazer alguns ajustes e a escolha de Armando, caso se confirme, mostra que não vamos simplesmente nos render ao mercado financeiro", avaliou o senador Humberto Costa (PT).

O Ministério chega às mãos de Armando Monteiro pouco tempo depois dele perder a disputa pelo governo estadual para Paulo Câmara (PSB). Além da capacidade técnica, a escolha do petebista se deve à fidelidade que ele teve com Dilma mesmo quando o PTB decidiu apoiar a candidatura do senador Aécio Neves (PSDB-MG) à Presidência da República. "É um sinal que Dilma vai ter um olhar para Pernambuco. O Estado e o Nordeste têm muito a ganhar. É uma manifestação de prestígio", destacou Humberto.

Ontem também surgiram especulações de que o deputado federal Fernando Ferro (PT), que não conseguiu se reeleger este ano, seria chamado para o Ministério do Meio Ambiente. A informação foi desmentida por Humberto Costa. "Neste momento, a presidente Dilma Rousseff está cuidando da equipe econômica e da parte política. Outros ministérios serão vistos mais para frente", disse”. (Franco Benites – Jornal do Commercio – 22/11/2014)

ARMANDO SERÁ A PONTE – “Ao escolher o senador Armando Monteiro para ser ministro do Desenvolvimento, a presidente Dilma Rousseff sinaliza, inicialmente, para o setor empresarial, uma vez que ele tem forte vínculo com a categoria. Foi, inclusive, presidente da Confederação Nacional das Indústrias e elegeu o sucessor.

Dilma também acena para o PTB nacional, mesmo que Armando não tenha uma relação próxima com a cúpula. A sua escolha, no entanto, favorece uma reaproximação do PTB com a base do governo. Na campanha, a sigla estava no palanque de Aécio Neves. 

O fato de Armando integrar o primeiro escalão do governo federal também tem forte repercussão no cenário político de Pernambuco, até porque se comenta que foi uma escolha pessoal de Dilma, que contou com o aval do ex-presidente Lula. Armando se fortalece, após ter sofrido uma derrota acachapante para o PSB na disputa pelo governo estadual. Agora, ganha cacife para ser a ponte entre o governo federal e o Estado, ainda mais porque o BNDES, um dos principais investidores de projetos públicos, está ligado ao seu ministério. Nos dois governos de Lula, Eduardo Campos era o interlocutor. Continuou assim em parte da primeira gestão de Dilma até ele romper com o PT. 

O lugar de Eduardo deve ser ocupado por Armando. O PT local pode ficar a reboque”. (Sheila Borges – COLUNA PINGA-FOGO – Jornal do Commercio – 22/11/2014)

Prefeituras podem ficar sem o FEM


Os problemas envolvendo o andamento das obras relacionados ao Fundo Estadual de Apoio aos Municípios (FEM) fez acender o sinal de alerta no Palácio do Campo das Princesas. O governador João Lyra Neto (PSB) enviou, na última quinta-feira, 20, um projeto de lei alterando a redação do texto que institui o FEM. Na proposta, o governador pede que seja retirada a obrigatoriedade do repasse do Fundo Rodoviário, Ferroviário e Aquaviário de Pernambuco (Furpe) ao FEM. Deste modo, uma das principais fontes de recursos do programa não repassará mais valores mensais para financiar o Fundo, caso o projeto seja aprovado na Alepe.

De acordo com a lei 14.921/2013, o FEM seria composto por 50% das verbas do Furpe. A obrigatoriedade do repasse mensal está prevista no sexto parágrafo do artigo 2, que trata sobre as receitas que constituem o FEM. No texto encaminhado em regime de urgência à Assembleia, o governo estadual pede que as transferências sejam “meramente facultativas”. Desta forma, o Estado não terá mais uma fonte específica de recursos, o que pode ameaçar a continuidade do programa. 

De acordo com a Lei Orçamentária Anual (LOA) referente ao ano de 2014, a previsão de recursos para o Furpe este ano era de R$ 276 milhões. Já LOA de 2013 tinha como meta transferir R$ 180 milhões para o Fundo Rodoviário. Pela lei atual, 50% desses valores deveriam ser repassados para financiar os projetos do FEM, o que revela que esta é a principal fonte de recursos do programa. Em 2013, o montante do fundo municipal foi de R$ 228 milhões e este ano chegou aos R$ 241 milhões.

Por meio da assessoria de imprensa, a Secretaria de Planejamento e Gestão (Seplag), que é responsável pelo gerenciamento do programa, disse que não haverá impacto para as prefeituras. O Órgão informou que os valores dos repasses estão mantidos e explicou que a alteração ocorreu porque a lei foi criada em 2013 e que o repasse do Furpe era específico para aquele ano. A Seplag não explicou de onde os recursos para o FEM serão retirados. Disse apenas que as verbas sairão do Tesouro estadual. 

O FEM foi criado em 2013 pelo governo estadual com o objetivo de fazer o repasse de verbas para municípios de forma desburocratizada. Presidente da Associação Municipalista de Pernambuco, o prefeito José Patriota (PSB) preferiu não tecer comentários sobre o projeto. “Vou me inteirar do assunto. Não adianta falar sem saber do que se trata”, disse. Ele ainda afirmou que depois de avaliar o conteúdo do projeto, irá marcar um encontro com o governador eleito Paulo Câmara (PSB) para apresentar demandas dos prefeitos pernambucanos. (Com informações e Arte do Jornal do Commercio - 22/11/2014)

Diocese vivencia o Dia de Cristo Rei com pregação do Padre Adilson Simões nesse Domingo


Nesse domingo, dia 23, a Diocese de Garanhuns, através do Encontro de Casais com Cristo (ECC) e do Encontro de Jovens com Cristo (EJC) e da Pastoral Familiar, vivencia o Dia de Cristo Rei e traz a Garanhuns o Padre Adilson Simões, de Arcoverde. O Evento religioso acontece na quadra do Colégio Monsenhor Adelmar (CMA), das 8 às 12h. A entrada é gratuita. 

“Será um grande momento e marcará o encerramento das atividades do ano do Setor Família da Diocese. O Padre Adilson é um grande pregador e vem falar a todo o povo de Deus sobre os desafios da Família”, registra Marcelo Moura, que ao lado da sua esposa Lílian Sandrine, atuam como Casal Diocesano, na Diocese de Garanhuns.

Além de católicos de Garanhuns, grupos como o ECC das cidades de São João, Panelas, Bom Conselho, Brejão, Paranatama e de outras cidades onde esta implantado o movimento, também devem prestigiar o Evento.
Para saber mais sobre o Padre Adilson Simões, clique AQUI.

CRISTO REI - Cristo Rei foi uma das últimas celebrações instituída pelo Papa Pio XI, na época em que o mundo passava pelo pós-guerra de 1917, marcado pelo fascismo na Itália, pelo nazismo na Alemanha, pelo comunismo na Rússia, pelo marxismo-ateu, pela crise econômica, pelos governos ditatoriais que solapavam toda a Europa, pela perseguição religiosa, pelo liberalismo e outros que levavam o mundo e o povo a afastar-se de Deus, da religião e da fé, culminando com a 2ª Guerra Mundial. A Igreja encerra o Ano Litúrgico com a festa de Cristo Rei, coroando toda essa jornada.

Aplicativo auxilia Passageiros de Ônibus em Garanhuns


Essa é destaque no Blog do Jornalista Ronaldo César:

“Alexandre Jorge Nascimento Silva é aluno do curso Bacharelado em Ciência da Computação pela UFRPE - Unidade Acadêmica de Garanhuns. De suas observações sobre os usuários de ônibus da cidade, e a dificuldade de acesso aos horários dos ônibus, nasceu a ideia de criar um aplicativo que facilitasse a vida dessas pessoas, que podem programar para pegar a condução. 

Foi criado então o aplicativo "Meu Ônibus Garanhuns", destinado aos usuários de ônibus da cidade de Garanhuns-PE para que estes tenham acesso simples, rápido e gratuito aos horários das linhas de ônibus.

POR QUE O APLICATIVO?
Alexandre, como usuário das linhas de ônibus, sempre viu como um dos principais problemas o fato de nunca saber o horário do ônibus, de qualquer que seja a linha. Aqui entra o aplicativo! Com ele é possível ter essa informação na palma de sua mão através de seu smartphone, trazendo mais conforto e praticidade a todos os usuários. 

Essa é mais uma importante ferramenta de utilidade pública! Além disso, o aplicativo não tem fins lucrativos e por isso é disponibilizado gratuitamente.

O APP está disponível para dispositivos Android através do link: 
https://play.google.com/store/apps/details?id=com.gmail.alexandrejorge3.src  ou buscando "Meu Ônibus Garanhuns" na Google Play Store.

Também existe uma página no Facebook: 

Garanhuns e Caruaru vão à final do Agreste da Copa TVAB de Futsal


As duas principais forças da modalidade no Estado, Garanhuns e Caruaru fazem a grande final do Agreste da 9ª Copa TV Asa Branca de Futsal.

As partidas das semifinais, do Agreste, foram de tirar o fôlego. Os duelos ocorreram no Sesc de Caruaru, na noite dessa sexta-feira, dia 21. No primeiro jogo,  Garanhuns conseguiu a vaga na final, depois de vencer a equipe de Cupira na prorrogação, por 4 a 3. No segundo confronto da noite, Caruaru venceu Lagoa dos Gatos, por 3 a 1.

Com os resultados as equipes de Garanhuns e Caruaru estão na final do Agreste que será realizada no próximo dia 28 de novembro, também no SESC em Caruaru. Quem vencer o duelo regional vai enfrentar o campeão do Sertão na grande final da competição. O jogo está marcado para o dia 5 de dezembro e ainda não tem local definido.

Comerciante denuncia desorganização na Avenida Santo Antônio


O comerciante Marcos Ferreira, que atua no segmento de Floricultura, enviou ao Blog do Carlos Eugênio uma série de imagens do “desordenamento” na Avenida Santo Antônio.

Segundo o relato do Empresário, ambulantes comercializam alimentos, “sem qualquer fiscalização da Vigilância Sanitária”, e até plantas no Centro Comercial da Cidade, assim como comerciantes instalam placas de publicidade e expõem produtos nas calçadas, contribuindo ainda mais para a desorganização.  

Marcos alerta para o fato de que ambulantes comercializam flores e plantas ornamentais na Avenida sem qualquer fiscalização, enquanto Ele mantém o seu negócio na formalidade, pagando impostos e gerando postos de trabalho com carteira assinada. “É uma concorrência desleal, sem que qualquer Órgão fiscalize”, pontua. O Empresário também chama a atenção que nos próximos dias a Prefeitura de Garanhuns estará instalando a decoração natalina na Avenida e que a desorganização no Centro, pode tirar o brilho da ornamentação preparada especialmente para a época.

No inicio do ano passado, o Prefeito Izaías Régis (PTB) chegou a ensaiar uma ação de ordenamento nas ruas centrais da Cidade. Carrinhos de Confeitos, Espetinho e Caldo de Cana tiveram a sua movimentação restringida em algumas ruas, assim como ambulantes que comercializavam seus produtos, inclusive alimentos no principal centro comercial da Cidade. Houve quem discordasse da posição do Prefeito, inclusive Vereadores, e a Ação acabou por gerar um desgaste na imagem política de Izaías, que voltou atrás da sua decisão.

Alguns segmentos da Cidade não concordaram à época com o recuo de Régis, outros cobram uma intervenção maior por parte da CDL Garanhuns, todavia, o Gestor manteve a sua posição e vem, desde então, fazendo vista grossa para o problema. Já a CDL nem cogita tratar do assunto. 

“Todo mundo precisa trabalhar e ganhar o pão honestamente. É só isso que estou fazendo”, registrou uma Senhora que comercializa salgados numa das calçadas da Avenida. “É justo que todos trabalhem, mas a Prefeitura deveria organizar um local ou áreas para que isso acontecesse de forma organizada, inclusive disciplinando as lojas, que colocam seus produtos nas calçadas, contribuindo ainda mais para com a desorganização”, registrou o professor Alberto Santos, enquanto fazia um lanche numa das barracas instaladas na Santo Antônio.

O Blog buscou contato com o secretário de Agricultura e Abastecimento, Epaminondas Borges, para obter uma posição do Governo Municipal a respeito das reclamações do Empresário, mas por conta da operadora de telefonia móvel, não obtivemos sucesso. Este espaço esta a disposição da Prefeitura, bem como da CDL Garanhuns para publicar as suas versões a respeito dos assuntos registrados nesta reportagem. (Com imagens do Empresário Marcos Ferreira/Divulgação)

sexta-feira, 21 de novembro de 2014

PREFEITURA NÃO DIVULGA EMPRESA QUE VAI ORGANIZAR O CONCURSO


E a expectativa dos concurseiros de Garanhuns e do todo o Agreste Meridional quanto ao anuncio do nome da Empresa que vai organizar o Concurso da Prefeitura de Garanhuns ao que tudo indica será frustrada.

É que de acordo com o Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) nº 03/2014, firmado junto ao Ministério Público pelo Prefeito Izaías Régis (PTB) e outros servidores municipais, o prazo concedido a Prefeitura para selecionar a Instituição responsável pelo Certame encerrou-se hoje, dia 21 de novembro.  

Para se certificar-se de que o Governo Municipal realizou o processo de seleção da Empresa que organizará o Concurso e, consequentemente, atendeu a primeira das cinco obrigações previstas no TAC firmado junto ao MP, o Blog do Carlos Eugênio fez um levantamento nas publicações do Diário Oficial do Estado (AQUI), bem como do Diário Oficial dos Municípios de Pernambuco (AQUI) nos últimos trinta dias, porém não localizou a publicação de qualquer Edital a respeito de processo licitatório com esta finalidade, o que pode sinalizar que tanto o Prefeito, quanto o Secretário e os demais Agentes Públicos descumpriram a primeira das cinco obrigações estipuladas pelo Termo de Ajustamento de Conduta.

O Blog do Carlos Eugênio tentou manter contato com o Secretário de Administração, Alfredo Goes, para confirmar a informação de que a Prefeitura descumpriu o Item 1) da Cláusula Segunda, do Termo de Ajustamento de Conduta nº 03/2014, mas o Secretário não atendeu as ligações. Através da Gerência de Relações com a Imprensa do Governo Municipal, obtivemos a informação de que o Secretário esta fora do Município, só devendo retornar as suas atividades na próxima quinta-feira, dia 27, e que apenas Ele (o Secretário) poderia dar a informação solicitada pelo Blog.

O fato é que caso a Prefeitura de Garanhuns tenha deixado de selecionar a Instituição que organizará o Concurso, o Município terá que pagar a partir desse sábado, dia 22, uma multa de R$ 1.000,00 por dia descumprido, sendo os valores revertidos em favor do fundo previsto na Lei nº 7347/85. Essa não seria a primeira ocasião que o Governo Izaías Régis deixaria de cumprir um acordo junto ao Ministério Público referente a realização do Concurso, haja vista já ter adotado tal postura por mais de uma oportunidade entre os anos de 2013 e 2014.

Com o eminente descumprimento de uma das Obrigações previstas no TAC, os prazos de 21 de dezembro de 2014 (para publicação do Edital e inicio das inscrições); 21 de janeiro de 2015 (para término das inscrições) e 21 de março de 2015 (para realização das provas) serão todos atropelados.   

O Blog do Carlos Eugênio esta a disposição da Prefeitura de Garanhuns, bem como dos agentes públicos citados, para publicar as suas versões quanto aos fatos apresentados nesta reportagem.