terça-feira, 25 de junho de 2019

Jovem é Morto a Tiros aqui em Garanhuns


Um Jovem de 17 anos foi assassinado na noite dessa segunda-feira, dia 24, na rua Presidente Café Filho, no bairro Heliópolis, aqui em Garanhuns.

José Arthur Clementino Martins foi alvejado com quatro disparos de arma de fogo, sendo três nas costas e um na cabeça. Ele chegou a ser socorrido pelo SAMU, mas morreu na emergência do Hospital Regional Dom Moura.

Após os procedimentos legais, o Corpo do Jovem foi encaminhado para o Instituto de Medicina Legal (IML), em Caruaru. O caso será investigado pela 22ª Delegacia de Homicídios de Garanhuns. (Com informações e imagem do Portal Agreste Violento. CONFIRA)  

Com Bolsas de R$ 1.000, Caixa Abre Seleção para Estagiários

 

A Caixa está realizando a pré-inscrição para seu processo seletivo destinado ao preenchimento de vagas para Estagiários do Curso de Direito, com bolsa auxílio de R$ 1.000,00, mais auxílio transporte de R$ 130,00.

A jornada de estágio é de 5 horas diárias ou 25 horas semanais. Para concorrer a uma das vagas o aluno precisa estar cursando entre o 5º e o 7º semestre e possuir idade mínima de 18 anos no momento da contratação. O aluno deverá possuir condições de cumprir, no mínimo, seis meses de estágio.

A pré-inscrição poderá ser realizada até o dia 5 de dezembro de 2019 no site do CIEE ou clicando AQUI. O candidato que for convocado será submetido a uma prova on-line.

Supremo vai adiar Julgamento sobre Suspeição de Moro no caso Lula

 

O ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), decidiu que não vai devolver para julgamento o processo que trata da suspeição do ex-juiz e atual ministro da Justiça, Sérgio Moro, no processo que levou à prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, no caso do triplex do Guarujá-SP. Com isso, a Segunda Turma da Corte só deve analisar o tema após o recesso do Judiciário, a partir de agosto.

O Ministro decidiu tomar esta decisão após a presidente da Turma, ministra Cármen Lúcia, colocar o julgamento do habeas corpus como 12.º item da pauta. Assim, mesmo que o pedido de vista de Gilmar fosse devolvido, não daria tempo de o caso ser analisado hoje, dia 25. O fato de envolver um réu preso, o que geralmente dá caráter de urgência à análise do habeas corpus, não obriga o Supremo a julgar o tema o quanto antes. Ministros consultados pela reportagem observam que Lula já foi condenado em segundo grau.

Conforme mostrou o jornal O Estado de S. Paulo nessa segunda-feira, dia 24, o voto decisivo do julgamento deve ficar na mãos do ministro Celso de Mello, decano da Corte. A defesa do petista acusa o ex-juiz da Lava Jato de "parcialidade" e de agir com "motivação política" ao condenar Lula no caso do triplex. (Com informações do JC Online/Estadão Conteúdo. CONFIRA)

segunda-feira, 24 de junho de 2019

BRILHANDO: Thiago Hortêncio é Convocado para Seleção Pernambucana de Natação


O jovem nadador Thiago Hortêncio, que é patrocinado pelo Governo Municipal de Garanhuns, através do Bolsa Atleta, foi convocado para a Seleção Pernambucana de Natação e integrará a delegação que representará o Estado no Torneio Interfederativo Norte-Nordeste Infantil a Sênior de Natação - Troféu Dr. Milton Medeiros. A Competição será realizada em Belém, no Pará, entre os dias 5 e 6 de julho.

Com apenas 16 anos, Thiago é apontado como uma grande promessa da Natação local. Só neste ano, o Nadador que integra a equipe do SESC/Garanhuns, já conquistou dez medalhas de ouro em diversas competições em nível estadual. Ao todo, Thiago já trouxe para Garanhuns cerca de vinte medalhas só no primeiro semestre deste ano.

“Ele tem muita qualidade e além de ser um grande atleta em formação, também é um bom menino, que tem foco nos estudos e nos treinamentos. Se seguir motivado como está, tem tudo para despontar como uma grande revelação da Natação Pernambucana e Brasileira”, registra Mano Pereira, técnico da equipe de Natação do SESC/Garanhuns.      

Judocas de Garanhuns brilham em Competições Interestaduais


Os atletas garanhuenses Carlos Tevano Filho; Vitória Araújo; Carlos Donato; Rafael D'Lucca e Wesley Araújo fizeram bonito em competições interestaduais e trouxeram importantes vitórias para o Judô Local.


A judoca Vitória Araújo (imagem acima), da Associação Presley Araújo de Judô, sagrou-se Campeã na categoria Sub 21 (- 78 kg), durante a XV Copa Natal de Judô, disputada na última sexta-feira, dia 21, em Natal-RN. Wesley Araújo (2º da direita para a esquerda na imagem ao lado), também da Associação Presley de Judô, conquistou o terceiro lugar da categoria Sênior (- 90 kg) durante a competição promovida pela Confederação Brasileira de Judô.



Já os judocas Carlos Tevano Filho (Tevaninho, imagem acima) e Rafael D'Lucca (imagem ao lado) também brilharam na XV Copa Natal de Judô. Tevaninho trouxe o título na categoria Sub 13 (- 34kg), e D'Lucca a segunda colocação no Sub 15 (- 40kg) daquela Copa Interestadual, que reuniu mais de mil atletas de 14 estados da Federação. Ambos integram a Associação Carlos Tevano de Judô e Jiu-Jitsu.  

CARLOS DONATO É DESTAQUE NO SUL DO PAÍS – Já no último sábado, dia 22, o judoca Carlos Donato (no centro da imagem ao lado), que é patrocinado pelo Governo Municipal de Garanhuns, através do Bolsa Atleta, sagrou-se Campeão na Copa Dom Feliciano, promovida em Dom Feliciano-RS. A competição foi válida pelo Campeonato Estadual Sênior. “Fui campeão no Sub 21 e terceiro no Sênior. A Competição contou com mais de 500 atletas, dentre eles: os judocas olímpicos Felipe Kitadai e Maria Portela, além de Leonardo Gonçalves e de Rafael Macêdo que irão representar o Brasil no Campeonato Pan-americano”, registrou Donato, que é ligado a Associação Carlos Tevano de Judô e Jiu-Jitsu.

OPINIÃO: Os Campos mereciam ter ido além dos 50


Confira o editorial de hoje, dia 24/06/2019, da Coluna Fogo Cruzado, assinada pelo Jornalista Inaldo Sampaio:

“Ambos tinham “Henrique” no pré-nome e eram da mesma geração. O mais velho, Eduardo Henrique, era filho de pai escritor, Maximiano Campos e morreu três dias após completar 49 anos. Nasceu em 10/8/65 e morreu num acidente aéreo em 13/8/2014, coincidentemente no mesmo dia em que morrera nove anos antes seu avô e professor de política Miguel Arraes. O mais novo, João Henrique, filho do poeta, escritor e jornalista Renato Carneiro Campos, irmão de Maximiano, nasceu em 23/6/69 e morreu anteontem em Gravatá quando se preparava para comemorar, no dia seguinte, os seus 50 anos. Que peça reservou o destino para esses dois brilhantes jovens, tirando-os do nosso convício antes de completarem meio século de vida! São golpes para os quais não temos explicações.

Eduardo era um homem público na acepção literal do termo. Deputado estadual e federal, líder de bancada, presidente de partido, governador de Pernambuco e candidato a presidente da República. Não sabemos se teria ou não possibilidade de suceder Dilma Rousseff, porém se encontrava no melhor momento de sua campanha quando veio a óbito. Na véspera, participara ao vivo de uma entrevista no Jornal Nacional com o que acreditava ter dado a largada para contaminar o país com o discurso da mudança.

João Henrique passou inicialmente pela advocacia, pela assessoria jurídica de órgãos públicos e o Tribunal Regional Eleitoral antes de chegar ao TCE. Era no dia da morte o corregedor do órgão e já se preparava para assumir em 1º de janeiro a sua vice-presidência, obedecendo ao rodízio democrático que prevalece na instituição. Culto, educado, ponderado, dava gosto vê-lo no Conselho travando batalhas acadêmicas do mais alto nível com os conselheiros Dirceu Rodolfo e Valdecir Pascoal, oriundos, respectivamente, da Procuradoria e da Auditoria, sobre como cobrar mais eficiência dos órgãos públicos e a responsabilização de gestores ímprobos. Aprendia-se de um lado ou de outro, considerando-se que o Direito não é uma ciência exata.

Primos legítimos com relevantes serviços prestados a Pernambuco e ao seu povo, ambos mereciam ter vivido mais, no entanto se foram precocemente deixando entristecidos familiares, companheiros de trabalho e uma legião de amigos - por Inaldo Sampaio”.

domingo, 23 de junho de 2019

Artista Garanhuense é Finalista do Web Music Festival

 

A cantora garanhuense Karla Cybele está entre as finalistas das primeira edição do Web Music Festival - competição de músicas autorais que reúne artistas independentes de todo o País. O Festival, sediado em São Paulo, está na fase final, na qual o público decide o vencedor por meio de visualizações no YouTube. A votação acontece até o próximo dia 5 de julho.

Karla interpreta a canção “A cada”, escrita pelo compositor Pedro Neri. “A letra de ‘A cada’ expõe a sensibilidade que nos falta, diante da instantaneidade do nosso dia a dia. Um sorriso, um olhar, um abraço; gestos simples que passam despercebidos”, descreve a Artista que já atua há mais de 28 anos na Música.

Após um hiato de quase dez anos, Karla decidiu voltar com força máxima para a vida musical. A Cantora, que também é pedagoga, deu os seus primeiros passos na música aos 14 anos. Desde então, a musicalidade não saiu mais do seu horizonte. De lá para cá, já tem um disco gravado, “O Porto” (2003), apresentações em grandes eventos culturais, como o Festival de Inverno de Garanhuns e a Quinta da Música, do Sesc. Em 2007, ganhou o prêmio de ‘Melhor Música’ no II Musicarte, em São Benedito do Sul-PE, com a canção “A solução”, de Verisson de Melo.



Foi com o intuito de gravar um segundo trabalho que Karla Cybele se inscreveu no Web Music Festival, que premiará o vencedor com um EP, que será gravado no estúdio Mosh, em São Paulo; além de videoclipe e distribuição do álbum nas plataformas digitais. “O festival é uma grande oportunidade de realizar um sonho, que venho buscando há um tempo”, descreveu Karla, que já tem mais de 7 mil visualizações no YouTube em “A cada”.

A VOTAÇÃO - Para votar, é necessário o usuário acesse o link do vídeo, logado a uma conta Google, e o assista até o final. Clique AQUI para acessar o vídeo e participar. Para saber mais sobre a carreira de Karla Cybele, clique AQUI.





GARANHUNS: Nova Secretária de Cultura é Sobrinha do Prefeito. Ato é legal segundo entendimento do Supremo Tribunal Federal

 

O Prefeito Izaías Régis (PTB) decidiu nomear como Secretária de Cultura do Município, Rayssa Godoy, que é filha de um dos seus irmãos e, portanto, sobrinha do Prefeito. É que, com a devida autorização da Câmara de Vereadores, Régis devolveu a Pasta da Cultura a condição de Secretaria, desmembrando-a do Turismo e agora nomeará a nova responsável pelo Setor.

A nomeação da sobrinha de Régis como Secretária, logo tomou ares polêmicos, sobretudo em grupos de WhatsApp e junto a correntes oposicionistas na Cidade, todavia numa rápida consulta do Blog do Carlos Eugênio a legislação que versa sobre a prática do nepotismo (quando o Gestor nomeia parentes de até terceiro grau para trabalhar no Governo), foi constatado que o ato do Prefeito é legal.

O Supremo Tribunal Federal (STF) tem pacificado o entendimento de que as nomeações para cargos políticos, como é o caso de Secretários Municipais, não são alcançados pela proibição estabelecida na Súmula Vinculante 13, expedida pelo próprio STF. É que entre outras decisões, em abril deste ano, a maioria da 2ª Turma do STF sinalizou a legalidade da nomeação de parentes até terceiro grau, inclusive cônjuges, para cargo político.

“O Supremo analisou uma ação por suposta Improbidade Administrativa no município de Pilar do Sul-SP. A Ação foi movida pelo Ministério Público de São Paulo e se tratava da nomeação do marido da Prefeita para o cargo de Secretário Municipal”, analisou o Portal V&C Garanhuns em publicação sobre o assunto. Ainda de acordo com o V&C, o Promotor Domingos Sávio, que integra a Promotoria Local, confirmou a informação da decisão do Supremo Tribunal Federal. A Portaria de nomeação da nova Secretária de Cultura será publicada logo após os festejos juninos. Ele deve assumir a Gestão da Pasta no inicio do próximo mês.

Festival do Jeep de Garanhuns promete Muita Emoção


Proporcionar intercâmbio cultural à prática desportiva e ecológica, visando difundir a cultura off-road. Esses são alguns dos objetivos do Jeep Clube de Garanhuns, que realizará mais uma edição do tradicional Festival do Jeep de Garanhuns, evento que neste ano acontece entre os dias 5 e 7 de julho. A competição integra o calendário turístico do Município e já é considerada a 3ª maior Festa do Jeep do País.


Passeio Ecológico, marcado por passagens pelas lindas paisagens da região; Trilha do Lobisomem, ideal para gosta de adrenalina e muita lama, além de uma forte Competição Indoor, estão entre as atrações do Evento deste ano.

As inscrições para o Festival do Jeep de Garanhuns devem ser efetivadas através do site: http://www.jeepclubegaranhuns.com.br/. São aguardados no Evento, jipeiros das cidades de Sertânia, Recife, Serra Talhada, Bezerros, Jaqueira, Penedo, Canhotinho, Caruaru e dos estados de Alagoas, Bahia, Sergipe, Paraíba e Rio Grande do Norte. Clique AQUI para conferir a programação. (Com imagens do Jeep Clube Garanhuns/Divulgação)

sábado, 22 de junho de 2019

Festival Viva Dominguinhos é declarado Patrimônio Cultural Imaterial de Garanhuns

 

Garanhuns vive a expectativa pelo anúncio da programação do 29º Festival de Inverno e contou ontem, dia 21, com a apresentação dos principais nomes que integrarão a grade artística da Magia do Natal. Mas outro grande evento da Cidade também tomar as atenções nos próximos dias. Trata-se do Viva Dominguinhos.

É que após aprovação da Câmara de Vereadores e a sansão por parte do Prefeito Izaías Régis (PTB), o Festival Viva Dominguinhos, criado em 2014, foi declarado como Patrimônio Cultural Imaterial do Município de Garanhuns. A Lei Nº 4548/2019, publicada no Diário Oficial dos Municípios de ontem, dia 21, oficializa a Ação e pontua que o Evento seja “realizado sempre nos meses de abril de cada ano”. “Entende-se por Patrimônio Cultural Imaterial do Festival Viva Dominguinhos todos os bens e práticas e domínios da vida social, tais como: formas de expressão cênicas, shows, palestras e eventos congêneres da cultura Nordestina no tocante ao Forró”, registra trecho da Lei.

Consolidado como a abertura dos festejos juninos no Nordeste e trazendo cada vez mais turistas para Garanhuns, o Festival Viva Dominguinhos chegou a sua sexta edição neste ano, celebrando, com atrações de alto nível, a memória do garanhuense José Domingos de Moraes, o Mestre Dominguinhos. Após a declaração contida em Lei, a expectativa agora é que o Evento deixe de ser uma promoção do Governo Izaías Régis, que o criou em 2014, e passe a ser uma realização Municipal, tendo sequência nas gestões que sucederem o atual Governo Municipal.

POLÊMICA A VISTA – Mas a Lei que torna o Viva Dominguinhos como Patrimônio Cultural Imaterial do Município de Garanhuns não deve só render elogios a Câmara e a Prefeitura. É que a família de Dominguinhos, falecido em 2013, busca cobrar os direitos autorais pelo uso do nome e da imagem do Mestre da Sanfona no Evento. O Prefeito Izaías Régis cogitou até alterar o nome do Evento para ‘Viva Garanhuns’, caso a cobrança persistisse, todavia, a festividade seguiria com o mesmo formato e estilo do Festival atual. A expectativa agora fica por conta da reação dos familiares do homenageado.

Secretaria de Cultura volta a Funcionar de Forma Exclusiva

 
O segmento cultural voltará a contar com uma Secretaria de Cultura. É que a Lei nº 4547/2019, oficializou o desmembramento das pastas Turismo e Cultura, reinserindo a Cultura de maneira independente da Secretaria de Turismo. Após aprovada pela Câmara de Vereadores e sancionada pelo Prefeito Izaías Régis (PTB), a Lei foi publicada no Diário Oficial dos Municípios do Estado de Pernambuco dessa sexta-feira, dia 21.

“Chegamos a unificar Turismo e Cultura num determinado período para otimizar o trabalho, mas notamos que com a dimensão dos nossos eventos, que crescem a cada ano, e para promover uma maior política cultural e estimular o potencial artístico-cultural que Garanhuns tem, existe essa necessidade de desmembramento”, registrou Izaías Régis ao comentar o assunto. Ainda de acordo com a Prefeitura, com o desmembramento, não haverá nenhum ônus a mais para o Município, apenas um redirecionamento entre os cargos da própria Cultura, que voltam a sua origem, deixando de integrar a Secretaria de Turismo.

Com a mudança, o Turismo seguirá com a secretária Neile Barros à frente. Já a Cultura passará a ser gerenciada por Rayssa Godoy, cujo perfil será apresentado logo após os festejos juninos.