quarta-feira, 3 de junho de 2015

Prefeito quer doar Quadra do Municipal, denuncia Vereador


O vereador Sivaldo Albino (PPS) enviou a todos os órgãos de imprensa de Garanhuns a informação de que o Prefeito Izaías Régis (PTB) está disposto a doar a Quadra do Colégio Padre Agobar Valença, o antigo Municipal, localizada nas proximidades da Rodoviária da Cidade.

Segundo Albino, o Prefeito encaminhou Projeto de Lei a Câmara de Vereadores, solicitando autorização para doar (ou repassar) a AESGA o terreno que resta do antigo Colégio Municipal, inclusive a área onde está edificada a Quadra de Esportes, “palco tradicional de grandes atividades esportivas e eventos voltado aos desportistas de Garanhuns”, pontuou Sivaldo.

A quadra começou a ser reformada no inicio de 2012, ainda na Gestão Luiz Carlos de Oliveira, todavia teve os serviços paralisados antes da sua conclusão, ficando restando das obras apenas a instalação do piso, todavia o saldo orçamentário para a sua conclusão também foi preservado. “Até o momento não foi concluída (a reforma) pela atual gestão, apesar de o Prefeito ter ido às emissoras de Rádios e anunciar a sua reforma, ficando nas promessas!”, chamou a atenção o Vereador.

“Irei amanhã (hoje) no Plenário da Câmara Municipal de Garanhuns fazer um apelo aos Vereadores para que esta ação não seja concretizada, para que a Prefeitura conclua a obra e que os desportistas de nossa Cidade possam voltar a utilizar aquele espaço”, registrou o Vereador, que alertou: “infelizmente os Projetos de doação tem chegado a Câmara e colocados logo em votação, sem que os Vereadores visitem a localidade e vejam a legalidade da doação, como também possam ouvir a população sobre estas doações. Apenas colocam logo para votação, cumprindo o desejo do Prefeito”, denunciou o Vereador Oposicionista.

O Projeto de doação da Quadra do Municipal será apreciado no plenário da Câmara de Garanhuns nesta quarta-feira, dia 3. A Sessão Ordinária tem início às 10h.   

ÁREA DE ESCOLA TAMBÉM FOI DOADA – O vereador Sivaldo Albino também trouxe a informação de que a área onde seria edificado o novo Colégio Municipal foi doada pela Prefeitura ao SENAC.   

“O Prefeito realizou processo de Licitação nº 114/2013 para construção do Novo Colégio Municipal e deu a ordem de serviço no dia 20 de dezembro 2013, dando um prazo de 12 meses para que as obras fossem concluídas pela Empresa Vencedora. O local para construção do Colégio seria a área por trás da Quadra do Municipal, vizinho ao SENAC. Ocorre que a obra orçada em R$ 4.529.328,04 nunca saiu do papel, e o terreno foi doado no dia 16 de dezembro de 2013 ao SENAC, através da Lei nº 4087/2014”, apresentou o Vereador, que concluiu: “as promessas de uma estruturação maior do ensino de nossa Cidade não vão sendo concretizadas. A falácia vai se transformando a marca maior desse Governo”, finalizou Sivaldo.

O Blog do Carlos Eugênio está à disposição dos órgãos e agentes públicos e privados citados pelo vereador Sivaldo Albino para que possam dar as suas versões quanto aos fatos registrados nesta reportagem.